O ideólogo liberal e romancista francês Benjamin Constant inventou um conceito que teve uma enorme importância na história política, nas relações de poder no BRASIL: A Tese do PoderModerador, além do tríplice esquema do executivo, legislativo e judiciário.

Benjamin Constant por outro lado  está para além da monarquia no Brasil pois seu homólogo brasileiro foi um importante ideólogo republicano que levou Deodoro a por fim a monarquia.

NA república o poder exercido por D. pedro II, passou a ser exercido pelo exército, que chegou a ser ultrapassado quando os militares estabeleceram uma ditadura militar que durou mais de 25 anos.

Hoje quem pretende ser o poder moderador? 
O judiciário extendeu sua ação bem além de seus limites legais.

E mais recentemente uma série de propostas que vinham da ideologia de 1964 passaram a ter um papel importante na cena política.

E um fenômeno chama atenção neste processo. A ideologia dos direitos humanos, instrumento de combate do poder americano contra os países dominados pelo marxismo na Europa Oriental, principalmente na UNIÃO SOVIÉTICA . e que foi vitoriosa no desmoronamento do império do leste em 1991, tomou no BRASIL uma outra cor.

ESTRANHA E DELIRANTE CONJUNTURA IDEOLÓGICA A ATUAL NO BRASIL.

OCOMUNISMO em processo de desaparecimento como sistema de poder centrado na ditadura de um partido único, e cujas formas de organização vão desaparecendo no pais, recebem uma forma mítica nova.

O mundo pós comunista no BRasil para uma direita delirante é mais comunista do que nunca.

E a ecologia sobre a qual Marx e Lenin nada disseram tornou-se também vermelha….