Este nono volume que chamei genealogia da ética, subjetividade e sexualidade começa com a anaálise de um texto princeps da literatura erótico -ou pornô – My Secret. Life por Michel Foucault.
Na era de Google, facebook em que a privacidade é posta a prova de mil formas a leitura deste texto de Foucault lança um luz especial sobre nossa atualidade.
Traduzido por Abner Chiquieri, ele entra na fase de revisão por mim depois que Rebeca fez uma cuidadosa revisão gramatical e sintática da tradução.
Ele será publicado um pouco depois do Oitavo volume consagrado a justiça e a penalidade que deve sair até o dia 28 de fevereiro.