Arquivo para junho de 2015

Aristóteles e os saberes de Pierre Pellegrin

Trata-se de um livro escrito de forma clara que, organizada por Pierre Pellegrin aborda o conjunto da obra de Aristóteles.
Da metafísica a obra científica de Aristóteles, principalmente na sua vertente biológica, compreendendo as éticas, uma leitura da metafísica, as retóricas, a política. Finalmente, todo o opus Aristótelico. Pellegrin fez também uma edição das obras completas em um só volume. Ela compete com a edição inglesa de J. Barnes editada por Pinceton.
No Brasil o escândalo é que a bela cozinheira faça citações sobre a fama supostamente feitas pelo Estagirita. Resta saber onde.
Depois de dizer que Notre Dame em Paris foi feita em cimento armado. É a sabedoria analfabeta global.

Questões de Vivian Gandelsman sobre artcurial, curadoria mercado e colecionadores

Importantes questōes de Vivian sobre as intersecções do universo das artes colocadas a Um artiste, Daniel Senise,a um cura dor Pablo Léon de la Barre.
Pablo Léon de la Barre atua no setor latino-americano do Guggenhein de New York.Atua também na Casa França-Brasil no Rio.
Daniel Senise utilisa varios méios.Participou de muitas Bienais em Sao Paulo e Veneza. Participou de colectivas no Moma em New York, no Centro Georges Pompidou em Paris. Deu aulas por Um bom tempo no Parque Lage no Rio de Janeiro.
Fabio Szwarcwald, coleciona há um pouco mais de mua década.Faz parte do conselho de aquisiçāo do MAM no Rio de Janeiro.
A questão de Vivian é : quais são as intersecções entre artiste, curador e colecionador.
Quando elles se sommam e quando se tornade conflituosas?
Viviane pergunta também como se dá o trânsito entre o nacional e o internacional.
Élan pergunta à Daniel como se dá a insersão international de seu trabalho.
Élan question à à relaçāo de Fábio como parte do conselho do New Museum onde atua coma apenas mua brasileira. Élan pergunta como ele costuma e promo é este intercalions.