Arquivo para agosto de 2014

Mallarmé na Casa das Rosas: uma experiência de debate sobre a poesia no centro cultural que abriga a Biblioteca de Haroldo de Campos. A Flama poética orienta este evento.

Sábado em São Paulo eu e Abner Chiquieri falaremos sobre o Mallarmé de Joseph Attiê. E também a Ebp São Paulo.

Fernanda Almeida Prado anima o debate  sobre a atualidade poética em São Paulo.

 

 

 

FILOSOFIA DO ODOR: DE PATRICK SUSSKIND A CHANTAL JAQUET – O ODOR ELEVADO A DIGNIDADE DE OBJETO NOBRE

COMO A OBRA DE ARTE QUE ELEVA O OBJETO A DIGNIDADE DA COISA COMO DIZ LACAN, CHANTAL JAQUET INTRODUZ NA HISTÓRIA DA FILOSOFIA E DA ARTE UMA  LEITURA INSTINGANTE DE UM SENTIDO EM GERAL DEPRECIADO FRENTE AS VIRTUDAS DA VISÃO E DO OLHAR OU DA AUDIÇÃO E DA VOZ.

RODIN, ARISTOTELES, GUAUGIN, HERACLITO E FINALMENTE NIETZSCHE COMPÕE UM PANORAMA RENOVADO DE UMA PARTE ESSENCIAL DE NOSSA HUMANIDADE. ELA TRAÇA NÃO APENAS A HISTÓRIA DE UMA DESVALORIZAÇÃO MAS TAMBÉM DE UMA AFIRMAÇÃO. NA CULTURA CONTEMPORÂNE NÃO APENAS UMA ALETOSFERA, MARCADA PELO SABER DAS ONDAS ELÉTRICAS, ELETRÔNICAS, DO MUNDO DIGITAL OU OUTRO. HÁ TAMBÉM O MUNDO DO PERFUME E DA ARTE, QUE FAZEM PARTE DESTE UNIVERSO ESTETIZADO EM QUE VIVEMOS, NÃO APENAS PELO PERFUME, PELOS ODORES ESUA FASCINAÇÃO. É O QUE BADELAIRE JÁ ANUNCIARA PARA NOSSA MODERNIDADE.

COM MICHEL FOUCAULT: FORENSE UNIVERSITÁRIA PUBLICA A EDIÇÃO BRASILEIRA DO CAHIER DE L´HERNE CONSAGRADO AO FILÓSOFO DAS PALAVRAS E AS COISAS, DO NASCIMENTO DA CLÍNICA , DA HISTÓRIA DA LOUCURA E DOS DITOS E ESCRITOS.

Depois da edição integral dos Ditos e Escritos de Michel Foucault  publica agora a mais completa leitura crítica da obra do fílósofo.

Há nesta obra uma cartografia mundial da recepção da obra de Foucault, da França e da It6ália, da China, da Turquia e da India, da Rússia e da Argentina. Além de estudos sobre múltiplos e inéditos aspectos da obra de Foucault.

A edição celebra, multiplica e pepetua a obra e ação do fílósofo. Não é um lamento nem uma constatação da ausência. Com Foucault que permanece, que se afirma, que está presente entre nós.