Fala a professora Manso sobre a experiência histórica da psicanalise.

Discussão  sobre a formação na época da Ditadura.

fala da criação do curso por Luiz Alfredo Garcia Rosa.  Isto acomodou muitos arrogantes sujeitos.

em nome da Uerj  desejo  longa vida ao programa. Vai  mediar o evento Angélica e vai falar também. Ela falará em nome de Jefferson.

PÁ mesa é composta por Angélica, Marcos, Sônia Alberti e Betty Fuks.

politica da psicanálise, 25 anos da teoria psicanalitica na UFRj.

este nosso programa e um dos pilatpres mais importantes de minha formação. E possível que alguns tenham ouvido falar que cada dia é mais difícil sustentar a profissão.

as premissas: aumento das leis do mercado, eliminação de um efeito sintomático.

 

do que seria ciência em futuro próximo. Discurso construção da exclusão do sujeito.

embora estes aspectos não eliminaram a psicanálise da cultura.

estavamos franqueando a psicanálise a distorsão do discurso universitário.assim criar um departamento nos moldes de Vincenne. Perversão do lugar do analista. A institucionalização  seria problemática, recendo fogo amigo. As instituiçōes psicanaliticas mudaram de tática. Muitos analistas procuraram a universidade tendo em vista um aprendizado mais sistemático.

Como manter o viés ético da psicanálise em um texto acadêmico.

Questōes.

como uma pratica do singular em uma pratica ancorada na contingência

 

A psicanálise não deve se isolar do campo cientifico. A psicanálise. Deve participar em atividades de pesquisa.

a pesquisa em psicanálise.

 

papel do resto

resta a impossibilidade do saber sobre a relação sexual.

Ana Carolina Lo Bianco fala sobre a formação do  Curso.

eram a. Tempos heróicos e um tanto ousados.

era ousado trazer a psicanálise para a Universidade

foi o nosso mito de origem . No foi sem idas e vindas , fracassos, sucessos.

este e um momento de trazer a memória as vicissitudes. Nos colocamos face a face com o que Lacan chamou o acontecimento Freud. A psicanálise exige muito estudo, duro para que ela esteja presente na universidade.

O que nos interroga neste ponto que luga resta pelo sujeito do inconsciente.

me vi frente a esta questões do programa. Logo cedo se mostrou esta questão de clinique podemos chamar de clinica e da ética

 

Ē somente se tivermos F atentos endereçados pelas formaçōes do inconsciente. Há que levar em conta a transferência

voltamos encontrar o mito de origem.