Arquivo para agosto de 2010

Salt- Evelyne ou Strategic arms limitations talk?

O nome do filme que se passa num cenário em que o panorama da guerra fria é o tabuleiro dos eventos revela que os americanos ainda não sairam do imaginário da bipolaridade.

As conversações salt para a limitação de armas estratégicas é aqui convertida em nome próprio , de uma figura humana fabricada , como outras como arma na luta pela hegemonia entre usa e urss.

Jogo de Morte ou o último Tarantino

Um on the road cinematográfico que tem algo de Thelma e Louise ou de Bonnie and Clide . Referências ao cinema, ambientes que lembram as  sopas campbell de andy Wahrol no Texas em Austin, suas mulheres provocantes e enlouquecidas. O gozo doo perigo na estrada e uma vingança final contra o doublê. O cinema e a moda, esta corrida enlouquecida – é mais uma incursão de Tarantino nos jogos entre a pulsão de morte e o desejo.

Debate sobre Renovação urbana do Rio -a região do Porto

DEBATE COM SÉRGIO DIAS

Na rede Bandeirantes  houve interessante debate com Sérgio Dias  a respeito das mudanças urbanísticas, ambientais, arquitetônicas, paisagísticas que marcam o plano para a região do Porto.

Museus, substituição do elevado por uma via subterrânea, plano para receber cem mil novos moradores, espaço para hóteis…

Mas algo preocupa. O plano diretor considera que a zona sul, Copacabana, Leblon, Ipanema nada precisam. Do ponto de vista ambiental estas áreas exigem intervenções da prefeitura. E mesmo cultural.

è claro que principalmente as favelas que agora eufemisticamente são chamadas comunidades, que alias também existem na zona sul, devem ser a prioridade número um da administração. Projetos de remoção e de construção habitacional passaram a fazer parte da pauta do poder público depois das enchentes que levaram a vida de quase trezentas pessoas. Mas a zona sul tem necessidades de toda metrópole. E em alguns lugares há problemas bem singulares e que não permitem que estas áreas continuem com o perfil do século XX.

O debate era coordenado pelo  filho de Chacrinha  e estavam presentes além do entrevistado Sérgio Dias,  o ex- diretor do IBGE, Bessermann Vianna,  Francis Bogossian e Olavo Monteiro de Carvalho.